#Top5: Filme do fim de semana!

Nessa ultima sexta, decidi que iria olhar muito filme. E olhei. Foram 6 no total, sendo que 5 eu aluguei. E é sobre esses alugados que eu vou falar, que eram filmes que eu já vinha querendo olhar a um tempinho.

Maze Runner: Correr ou morrer.

Já falei aqui que amo e assisto Teen Wolf e sou maluca pelo Stiles, (e pelo Dylan O’Brien, claro) por isso, quando eu vi que ele ia protagonizar um filme, já fiquei ansiosa pra ver. Como eu não costumo acompanhar cada passo da produção do filme – prefiro ver sobre isso depois-, só fui saber melhor sobre assistindo. A cada mês, um jovem é levado até uma comunidade isolada composta somente por garotos, onde eles estão cercados por um enorme labirinto e sem saber nada de suas vidas, somente seus nomes. Não satisfeito com a realidade para qual foi levada, Thomas (Dylan) decide agir e contar com a ajuda dos demais para conseguir escapar. Eu adorei o filme, fiquei surpresa – e feliz- com o final. Olhei duas vezes, e dublado pelo fator: irmãos, mas tudo bem! Hahahaha. Como o filme é baseado em uma serie de livros, as opiniões sobre o filme foram divididas. Ou seja, a maioria daqueles que leram a série não aprovaram o filme. Mass, como não li, não vejo a hora de ver a sequência (que eu espero que tenha).

Magia ao luar.

Assim ó, primeiro ponto: Emma Stone. Segundo ponto: Woody Allen. Não ia precisar falar mais nada se eu não tivesse ficado hipnotizada pelo filme. Começar com o cenário, que me deixou com vontade de me transportar pra lá. Nesse filme, um mágico é contratado para desmascarar uma falsa médium, mas conforme Stanley começa a conviver com Sophie, seu ceticismo vai diminuindo e seu interesse pela moça aumentando. Não que a história seja lá surpreendente e diferente, mas pra uma sexta de noite, sem nada pra fazer, ele foi ideal, me fez ir dormir mais feliz! Hahahaha.

Mesmo se nada der certo.

Tenho o aplicativo de musica do Google no meu celular, e lá, existe um botão “estou com sorte”. Várias vezes aperto lá, e em uma dessas vezes, eis que na playlist criada pelo app, surge uma tal musica “Lost stars”, cantada pelo Adam Levine ♥. Assim que a musica começou, já me encantei com ela e quando fui olhar a capa da musica, percebi que era de um filme. Marquei no pensamento que assistiria porque lembrei que esse era o filme onde o Adam tinha atuado. Begin Again, como é intitulado nos EUA, é uma história que gira em torno do meio musical. Gretta e o namorado Dave, mudam-se para Nova York após Dave emplacar uma de suas musicas em um novo filme de sucesso. Porém, após uma viajem, ele volta com uma nova composição carregada de culpa. Assim, Gretta se muda para a casa do amigo Steve, que a noite, acaba a levando para um bar para tocar uma de suas composições. A partir dali, tudo muda quando o falido produtor musical Dan, escuta o potencial em Gretta. Antes de falar do filme em geral, só uma observação: Adam deixe a atuação de lado e siga com o Maroon 5, que é algo que você faz muito bem a anos. Anyway, filme muito bom pra mim, é aquele que me deixa sorrindo 5 minutos depois do fim ou que me deixa falando sozinha me questionando sobre. Nesse caso, foi a 1ª opção. Devo ter dito “aaaaii” umas quantas vezes sem nem ter percebi – sorte ter estado sozinha em casas nesse momento. Não é aquele tipo de filme clichê de comédia romântica. Achei tudo um encanto. Basta! Hahahah.

O grande hotel Budapeste

Acho que vai ser meio difícil falar sobre esse filme, olhei mais pelo fator curiosidade. No período entre as duas grandes guerras, um gerente de um grande hotel europeu e o novo mensageiro se tornam grandes amigos. Os dois juntos passam a viver uma grande aventura logo após a morte de uma das fieis hospedes do hotel Budapeste. Mesmo entendendo o enredo todo, não tenho uma opinião muito formada, preciso olhar de novo pra tirar maiores conclusões. Mas assim, é um filme curioso, de personagens curiosos, com cenas e diálogos que dão ritmo ao filme.

Malévola

O filme que fechou o fim de semana foi com a maravilhosa da Jolie, que – confesso- tomou minha atenção com sua beleza durante o filme. O longa que apresenta uma visão diferente da história da bela adormecida, não me surpreendeu como aconteceu com muitos que eu conheço. Olhei ele também dublado (fator irmãos novamente) o que deu mais uma influenciada – apesar de não ter achado TÃO horrorosa assim a dublagem. Não acho que seja um daqueles filmes que todo mundo precisa ver. É mais um filme legal e com vários efeitos especiais da Disney, pra reunir a familia e curtir uma seção cinema. De maneira alguma é ruim, só não precisavam ter exagerado na atenção em cima dele.

Em geral, gostei de todos os filme, eles foram ótimas companhias no meu final de semana!

Por mais finais de semana assim!

Beijos, Sabrina!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: