Livro: Os diarios de Carrie

Hoje é o dia de começar posts sobre mais uma coisa que eu adoro: livros!

Só esse ano, li 8 ,contando um que eu to relendo.

"Olho para cima, fico me lembrando. O futuro está na sua frente. Não olhe para baixo. Nunca olhe para trás. Nunca deixe que a vejam suando. (p.78)"

“Olho para cima, fico me lembrando. O futuro está na sua frente. Não olhe para baixo. Nunca olhe para trás. Nunca deixe que a vejam suando. (p.78)”

Vou começar pelo “Os diários de Carrie” que me arrependo de não ter lido antes, não por ser muito bom, mas por não ter conseguido imaginar a história do livro, que é bem diferente da serie.

Fiquei sabendo do livro pela serie e fiquei curiosa pra ler. Um livro de capa linda, mas com preço um pouco salgado. Consegui  por um preço amigo no final do ano passado, na promoção de fim de ano do Submarino. O preço dele em livrarias é em torno de R$42, e eu consegui ele por R$15 no site.

Demorei pra ler o livro porque como havia vários livros em promoção, acabei comprando 9 e como esse foi o ultimo que chegou,ficou pro final.

Mas vamos pro livro. Por já ter visto a 1a temporada antes de ler, imaginava a historia de um jeito, mas ela é toda diferente. O que tem de igual é a paixão da Carrie pela escrita, o amor por Sebastian e Castlebury. De resto, é tudo semelhante, mas nada igual. Walt é gay sim, mas não descobre isso em ny. Maggie, Muse e Carrie têm mais uma amiga, a Lali. Donna LaDonna e as Jen’s também continuam,mas um pouco mais insuportáveis.

O livro em si é bem legal, conta a adolescência de Carrie Bradshaw um tanto quanto diferente, bem mais ousado/revoltadão do que na série (desculpa, mas não vou conseguir falar do livro sem associar a série).

A Carrie do livro é um pouco menos inocente o que me agoniou um pouco, já que tenho aquela imagem de Carrie querida e meiga que só toma uns drinks de vez em quando e não pensa em cigarros. Mas que, também se tornou algo legal no fim das contas.

Anyway,  recomendo a leitura pra quem curte os anos 80 e quer entender como era a vida adolescente da época. O livro é fácil de ler (sem muita palavra estranha ou frases confusas) e me identifiquei com várias partes, com as duvidas da Carrie com o futuro, com as amizades, com problemas amorosos… E mesmo não sendo o melhor livro que já li, quero muito ler a continuação!

Assim que terminar mais um livro, venho aqui e conto, ok?

Beijo, Sabrina!

Anúncios

Uma opinião sobre “Livro: Os diarios de Carrie

  1. Pingback: Filmes do mês (again) | Sweet Drama

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: